Pular para o conteúdo principal

Postagens

Sugestão de leitura

Dica cultural - o Brasil em franco retrocesso

Por Cléber Sérgio de Seixas
São inegáveis os avanços sociais proporcionados pelas gestões dos presidentes Lula e Dilma. Durante os 13 anos em que os governantes petistas estiveram no poder, cerca de 40 milhões de brasileiros foram arrancados da miséria. A mobilidade social foi possível graças a medidas como os aumentos reais do salário mínimo e por políticas de transferência de renda como o Bolsa Família, esta, aliás, ao contrário do que preconiza o senso comum, um mecanismo previsto por pensadores neoliberais. Políticas públicas como o PROUNI e as cotas raciais nas universidades públicas possibilitaram aos mais pobres maior acesso ao ensino superior. Brasileiros pobres passaram a ser mais vistos nas universidades, nos aeroportos, realizando viagens internacionais, consumindo produtos de maior valor agregado etc. 
A chegada dos presidentes petistas ao poder interrompeu um longo ciclo neoliberal que remontava ao governo Collor de Mello. Para Sader (2013) os governos Lula e Dilma, ao romp…

Últimas postagens

Diferente de Getúlio, Lula entrou pra história sem precisar sair da vida

Retrato do Brasil

Carta ao general Braga Netto

A crise capitalista que se arrasta

Neoliberalismo e democracia: uma reflexão sobre a pós-democracia neoliberal

Fiat lux, iudex Fux, fiat lux