Pular para o conteúdo principal

Postagens

Sugestão de leitura

O direito à preguiça

Por Jeferson Malaguti Soares *
Em seu livro “Zen Socialismo”(Editora Geração, 238 páginas), a blogueira Cynara Menezes nos presenteia com o capítulo de abertura do livro “Direito à preguiça” do genial escritor socialista Paul Lafargue, genro de Karl Marx. Foi Lafargue quem teve a grande sacada de dividir as 24 horas do dia em oito horas de trabalho, 8 horas de sono e oito horas de lazer. E isso se transformou numa das principais reivindicações dos operários do planeta.  O socialismo “lafarguista” é o que mais se aproxima do combate ao capitalismo. Ele fala das misérias sociais e individuais impostas pelo capital em usurpação ao homem trabalhador; da sacrossantificação do trabalho em detrimento do prazer de viver; da cegueira e limitação do indivíduo ante a necessidade do ter e do poder; dos sermões da moral religiosa e econômica que conduzem às terríveis conseqüências do trabalho na sociedade capitalista. 
“Na sociedade capitalista, o trabalho é a causa de toda degenerescência intelectu…

Últimas postagens

Encarceramento e questão social

Brasil em declínio

Dica cultural - o silêncio ensurdecedor das mulheres

Fotos e fatos - a imagem que marcou 2016

Dica cultural – 13ª Emenda: de escravos a criminosos

2016: o ano que não terminou

A PEC da morte e a apatia política do brasileiro

De canalhas e inocentes úteis

Dica cultural - 89 anos do julgamento de Sacco e Vanzetti

Um discurso temerário

Impeachment e instabilidade

Fotos e Fatos - o grito de um corpo silencioso